#DicasFinanceiras: FAZ CONTAS

Agora que temos tudo por escrito, é hora de pôr ordem as nossas contas. Para quem tem tudo em ordem, está perfeito, para quem não tem, é hora de fazer contas. O primeiro passo é preencher a coluna que deixámos mais à direita, com TIPO. E em cada linha vamos classificar o “tipo” de gastos, como: ESSENCIAL, IMPORTANTE, NECESSÁRIO e SUPÉRFLUO.

Com esta segmentação, podemos fazer dois tipos de filtros, o da Descrição, e o da importância. Se as tuas contas andam “pela hora da morte” está na hora de olhares para os totais e quem sabem reavaliar as várias despesas. É importante perceber que se para umas de nós as UNHAS são IMPORTANTES porque no emprego a imagem também é muito importante, decerto para outras já não terá a mesma relevância… Se para umas de nós o dinheiro gasto em almoço durante a semana é ESSENCIAL porque não temos copa no emprego, ou simplesmente a nossa sanidade mental precisa de apanhar ar, decerto para outras já haverá possibilidade de levar almoço. Se as tuas finanças não estão em ordem, a ideia não é que te critiques ou julgues mal por isso, apenas que percebas que a existe sempre (mesmo para os mais ricos) necessidade de fazer escolhas.

A #DicadeOuro – Escolher bem sem radicalismos. Cortar radicalmente com tudo o que mais gostas seria tão eficiente como deixar de comer para fazer dieta. Ao primeiro momento de stress tudo é deitado a perder. Escolhe em consciência e sempre que “caíres em tentação” não te mates por isso. Podes sempre compensar!

Mariana Mendes

Doc. 3
Doc. 4

Sê o primeiro dos teus amigos a partilhar esta página!
  • 5
  •  
  •  
  •  
  •