Biscoito de Azeite, Limão e Manjericão

As viagens pelo nosso lindo Portugal são deslumbrantes. Há quem insista naquela ideia de que, o que e português é de segunda categoria, instalam-se em preconceitos que normalmente, são alimentados por um profundo desconhecimento, de tudo o que temos de bom, dentro de portas.

Pois eu, cada vez me sinto mais fã, das belezas nacionais e com mais vontade de descobrir novos lugares.

Temos aldeias, vilas e cidades, temos o interior e o litoral, temos a montanha e a praia, mas também temos as pessoas, as tradições, a cultura. Cada cantinho, orgulhoso dos seus costumes.

Faço muitas viagens pela Minha Terra e que feliz tenho sido, por estes caminhos lusos!

Um dos últimos passeios que fiz, foi à Costa Vicentina. Habitualmente era ponto de passagem, mas desta vez, fui e fiquei uns dias. Foi uma descoberta incrível e recomento vivamente.

Praias de sonho, tranquilas, com pores de sol indiscritíveis, noites de paz, gente simpática, lojinhas encantadores e bares pitorescos e acolhedores.

Numa manhã destas curtas férias, fui às compras a Rogil, bem pertinho de Odeceixe, onde me instalei e descobri estes bolinhos deliciosos, ou melhor, algo semelhante. Depois vieram as pesquisas e claro, o meu toque.

Ali na fronteira entre o concelho de Odemira, Alentejo e o concelho de Aljezur, Algarve, misturam-se sabores improváveis e o resultado, bem o resultado…experimentem e depois digam-me. 🙂

Uma receita bastante simples e por isso bastante acessível, mesmo para aqueles que passam ao largo da porta da cozinha, garantindo assim, que não entram!

Ingredientes

  • Farinha de trigo 1 chávena (250 ml)
  • Farinha de trigo integral 1 chávena
  • Bicarbonato de sódio ¼ colher de chá
  • Pimenta preta moída no momento ½ colher de chá
  • Açúcar mascavado 4 colheres de sopa
  • Manjericão fresco picado 2 colheres de sopa
  • Azeite ½ chávena
  • Leite magro 3 colheres de sopa
  • Limão grande sumo e raspa

Preparação

Ligar o forno a 180º.

Forrar o tabuleiro do fogão com papel vegetal.

Numa taça juntar todos os ingredientes secos (farinhas, bicarbonato, açúcar, pimenta e a raspa do limão) e misturar bem.

Noutra taça, juntar os ingredientes líquidos (azeite, leite, sumo de limão) e misturar bem.

Juntar agora a fase líquida à seca, acrescentar o manjericão e amassar de preferência com as mãos e com a ajuda de alguma farinha.

A massa deverá começar a desprender-se das mãos enquanto vai ficando, consistente e homogénea.

Retiram-se pequenos pedaços de massa, formam-se bolinhas e já no tabuleiro achatam-se. O tamanho é ao gosto de cada um.

Deverão ficar no forno, mais ou menos 20 minutos. Deixam-se arrefecer ligeiramente e colocam-se sobre uma grelha para arrefecer completamente.

Os nossos biscoitos estão prontos para guardar num frasco e comer. São ótimos para um lanche, para levar para o escritório, para saborear enquanto vimos aquela série que tanto gostamos, na praia…….Em embalagens personalizadas, podem servir para mimarmos aquelas pessoas especiais.

Esta mistura improvável confere aos nossos biscoitos uma textura incrível e são uma delícia.

Como podem ver, é uma receia de uma grande simplicidade!

Paula Castanheira

Sê o primeiro dos teus amigos a partilhar esta página!
  • 8
  •  
  •  
  •  
  •