Constelações Familiares: A Verdade que liberta

A verdade é algo muito interno…o que é verdade para mim, não é verdade para ti e isso não deixa de ser menos verdade. Assim se manifesta a verdade nos sistemas familiares, cada um tem a sua. Cada sistema se rege pelo seu sistema de crenças, tem os seus padrões próprios a sua forma de ser, de agir. De levar a vida de forma distinta para a frente. Cada sistema encontra uma forma de irromper e rasgar a alma de cada membro inundando-o de vida.

Mas e se enquanto membros desse todo, uma outra verdade irrompe, uma verdade distinta em relação aos demais? O que acontece ? O que traz a cada um de nós essa nova verdade essa nova perspectiva de vida? Quando isto surge pode causar um sentimento de não pertença ao grupo, e esse sentimento traz com ele angústia, incerteza e por vezes um sentimento de culpa gigante.

Muitas vezes nos questionamos: ” Como posso eu ser diferente, pensar diferente ou ousar sequer desejar outras coisas, quando ninguém ate então o fez? ” 

Estas são muitas das questões que inconscientemente nos colocamos, quando olhamos internamente para o nosso sistema. E soubesses que o sistema quando actua colectivamente ele deseja profundamente que todos estejam em harmonia, harmonia interna consigo mesmo. Isso só é possível quando actuas desde o teu ponto de verdade. Quando te honras e honras as tuas escolhas. Ele só está á espera que alguém de o passo. Esse alguém podes ser tu! Quando cada membro se honra como é o sistema liberta-se. Quando olhamos por detrás do medo, por detrás das dúvidas damos nos conta que  o sistema há muito que deseja essa mesma libertação. E nessa libertação reside o Amor.

Ser aquele que move, que irrompe a vida com a sua verdade traz uma sensação inexplicável de leveza, libertação e completude. Percebemos que pertencemos a um todo, a um todo que honra cada uma das sua partes como é. E isso não tem preço.  Por isso questiono-te. Qual é a tua verdade? O que desejas tu fazer, que não fazes por receio de ser diferente? Por receio que alguma parte não te vá aceitar?

As respostas que te chegam do teu sistema podem ser surpreendentes, não receies. Permite-te viver a tua verdade. Sê o que és. O sistema anseia pela tua libertação. Quando um se liberta, todos os outros são igualmente livres! Honra a tua verdade interna e  por aqueles que não a puderam manifestar, grita-a bem alto para todos a possam ouvir. Mas escuta-te para que possas abraçar em verdade tudo o que vem, tudo o que és! 

Ana Sofia Correia

 

Spread the love
  • 10
    Shares