O meu olhar sobre… A Espiritualidade

Gosto da descrição da wikipédia que escreve o seguinte.

A espiritualidade pode ser definida como uma “propensão humana a buscar significado para a vida por meio de conceitos que transcendem o tangível, à procura de um sentido de conexão com algo maior que si próprio”. Contudo, no meu caso discordo.

espiritualidadeMais do que procurar sentido ou significado – que é uma coisa inerente ao “pensar” dos adultos – a espiritualidade nasce connosco. Comigo, nasceu. Quando tomei consciência do que era Deus, eu já O conhecia. “Algo mais”, e não físico, me fazia companhia desde muito pequena. Tenho ideia de que desde muito cedo eu falava mentalmente com “alguma coisa ou alguém”. Sonhava muito acordada, mesmo vivendo numa casa cheia de gente.

O Buscar Significado, vem mais tarde. Mas já virando-me para algo que sempre esteve comigo.

O maior marco na minha vida espiritual foi o curso com a Alexandra Solnado “Como chegar ao céu, sem deixar de andar por aqui”, no qual, mais do que saber, eu passei a comunicar e a olhar mais para dentro, do que para fora. Foi um momento de consciência plena. Dali para a frente passei a saber instintivamente o que vale, e não vale a pena. Que o importante é o AGORA. Tudo o que aprendi permanece até hoje. Duas foram as principais lições e acredito que ficaram como os dois pilares da minha espiritualidade a partir daquele momento.

Lição 1 – Senta e chora para passar mais depressa.

Lição 2 – Não faças planos para a vida, para não atrapalhares os planos que a vida tem para ti.

Nota: Sobre esta ultima voltarei a escrever mais tarde. Tem muito mais do que parece!

Olhem para dentro e Vivam a Cores! 🙂 heart-coração

Spread the love