Esfregona e a Laura

A Laura era uma menina muito, muito tímida. Tão tímida que não falava com ninguém. Só dia “sim”, “não”, “bom dia” e “boa tarde”. Nas aulas, quando a professora lhe perguntava alguma coisa, corava muito, muito, baixava a cabeça e dava uma resposta tão baixinho que quase ninguém ouvia. Os pais andavam preocupados. Ela quase não tinha amigos, não falava com ninguém. Decidiram ir falar com a professora para lhe pedir algum conselho. E tanto conversaram sobre o caso que tiveram uma ideia. A laura estava quase a fazer anos e ia ter uma prenda especial!

Assim, no dia do oitavo aniversário da Laura, ela tinha uma caixa muito, muito grande para desembrulhar. Mas a caixa não parava quieta! A Laura estava mesmo curiosa. Abriu-a num abrir e fechar de olhos e de lá de dentro veio um cachorro, de pêlo comprido e ondulado, assustado e a farejar tudo e todos. A Laura abraçou-o muito e, alegre, exclamou:

— Parece mesmo uma esfregona!

E o nome ficou. No início não foi fácil conhecerem-se nem darem-se bem. Parecia que desconfiavam um do outro. Não sabiam bem o que esperar de cada um. Depois, aos poucos, foram-se entendendo. O Esfregona sabia ao certo a hora a que a Laura chegava a casa, vinda da escola e já a esperava ansioso ao pé do portão. Ainda estava ela bem longe, já ele a sentia e ladrava feliz enquanto abanava a cauda. A Laura e o Esfregona passavam as tardes na brincadeira e entendiam-se como ninguém. Quem os visse de longe, achava que falavam a mesma língua. Sentados no jardim, a Laura falava, o Esfregona ladrava, e no fim parecia que ambos riam. Outras vezes, ficavam os dois muito sérios, ou até tristes. Ninguém entendia o que se estava a passar. A Laura estava cada vez mais comunicativa com todos, mas especialmente com o Esfregona.

Agora vamos lá! Pensar com calma faz bem à alma!

— Porque é que a Laura não era muito comunicativa?

— O Esfregona dava conta da proximidade da Laura e ficava logo feliz. O seu ladrar e os seus saltos são linguagem?

— Achas que a Laura e o Esfregona entendiam tudo o que o outro queria dizer? Porquê?

— Linguagem e comunicação são a mesma coisa?

Spread the love