“A Sombra do Vento”, de Carlos Ruiz Zafón

Comecei a ler A Sombra do Vento sem enormes expectativas. Toda a gente me dizia que era um livro eu ia adorar e essas certezas sempre me encheram de dúvidas e desconfianças. Depois do arranque inicial, voraz, da descrição da descoberta do Cemitério dos Livros Esquecidos, perdi velocidade à medida …