Jaqueline Reyes: O melhor para si e para todos

Photo by Cátia Matos from Pexels

Lá foram as férias, que entre muitos “vamos ou não vamos”, “saímos ou não saímos”, “deixamos filhos saírem ou não”, acabamos por estar a chegar em Setembro, e com isto voltamos com algumas rotinas, voltamos com alguma “normalidade”… será?

Como terapeuta penso que devemos cuidar – e muito – não só da saúde física, mas também da saúde emocional, porque estas duas áreas acabam por gerar internamente um química onde o sistema imunitário se beneficia e com isto a tendência é adoecer menos. E dentro deste conceito é preciso lembrar que Setembro é bom de começar com uma desintoxicação para preparar o corpo para a próxima estação, existem mil maneiras de fazer detox, a que gosto mais é, de fato, sumos e suplementos com clorela, mas tudo deve ser feito de forma adequada a cada pessoa, por isto antes de tomar esta decisão procure um profissional de saúde, ok? Isto de sair fazendo detox e dieta sem acompanhamento pode dar muito para o torto e depois a “culpa” é das dietas e dos suplementos, e não da falta de informação e apoio profissional, o que é danoso para todos. Enfim, bom de ser feito, contudo há formas e formas.

Passando da fase de detox, entramos na fase de adequação alimentar e suplementos, vacina homeopatia para gripe, e preparar o corpo, mente e emoções para a “fase da caverna”, que o outono e o inverno trazem com eles. Esta fase mais intimista do ano é por si só um desafio, e este ano temos o desafio de nos manter viáveis dentro da sombra de uma “pandemia”. Então, todos os cuidados e mais uns, mas sabendo que a vida segue rumo, que prevenir é sempre a melhor escolha. Se é uma pessoa sedentária, fumadora, se é uma pessoa que tem fragilidades físicas ou emocionais, é preciso uma atenção ainda maior neste percurso que vamos começar de novo. Nada na vida é garantido, viver e morrer são etapas que não fugimos, mas podemos é escolher como as vamos realizar e isto sim nos cabe. Então faça escolhas de vida que o conduzam a saúde como um todo, lembra de comer bem, de dormir mim, de rir muito, de trabalhar, de praticar exercícios, de cuidar do que ouve e assiste, pois o positivo gera positivo e o negativo gera negativo, é para onde está o seu foco que você se dirige.

Como mãe, penso que é inevitável as nossas filhas não saírem, já o fizeram nas férias, e mesmo com todo o cuidado possível, ainda vemos muitos jovens sem máscaras, sem desinfectarem as mãos, e com isto não tem como não vir uma pergunta: e como será dentro das salas de aula, dentro das escolas e colégios?

Bem, aqui já começamos com os processos físicos de detox, não saem sem máscara e álcool gel, a nossa parte da informação e de suporte é feita todos os santos dias, mas é certo que a vida acontece e que cada uma no dia marcado no seu colégio/universidade irá estar lá para o que for caso disto. Cabe a nós cobrar dos nossos filhos uma postura adequada, cabe a nós verificarmos com as entidades estudantis o que estão fazendo na prevenção e controle, mas cabe também o bom senso pois conheço pessoas que tiveram todos os cuidados e ainda assim testaram positivo para o COVID, pessoas que foi a total falta de cuidado e ainda assim testou negativo para o COVID… e aí, vamos para a vida ou vamos ter cuidado com a forma com que vivemos?

Há anos li algo que me impactou. Que a morte acontecia todos os dias, quando deixamos de cuidar de nós próprios e de vivermos bem. Talvez, tudo que se está a passar desde o ano passado seja simplesmente para nós fazer mais conscientes da forma como vivemos, das escolhas de vida que fazemos, e de que maneira planeamos seguir.

Que Setembro traga paz à alma e coração de todos, que cada um possa ser o melhor para si mesmo e para os demais.

Jaqueline Reyes

Spread the love
  • 19
    Shares