Vera Matos: A “Umbrella” que Voa

Águeda - Chapéu de ChuvaHoje de manhã ao sair de casa, deparei-me com uma grande tempestade. Vivo na Inglaterra, mais propriamente em Manchester – a terra onde todos os dias chove! Mas hoje para além da chuva, o vento era terrivelmente forte, sem contar com a temperatura a baixo dos zero graus.

Ao atravessar a rua, vejo uma senhora muito bem vestida, de saia e sapatos de salto a lutar contra a sua “umbrella” , na verdade eu ri-me por dentro e pensei: quantos minutos sobreviverá aquele chapéu? (Isto, porque eu já desisti de comprar chapéus de chuva neste país.)

Bem dito, bem certo. Passados uns minutos de luta, eis que o chapéu de chuva da senhora – que por acaso era lindo, colorido e diferente de todos os outros que eu já tinha visto – soltou-se das suas mãos e começou a voar pelos céus…. ficámos as duas a olhar para o infinito….como se de uma magia se tratasse!

“São mais de três mil chapéus de chuva em pose artística complementados por intervenções criativas em bancos de jardim, escadarias, postes e paredes”.

Isto fez-me lembrar de uma das mais lindas ruas do mundo, que por acaso fica em Portugal, mais propriamente em Águeda. A “rua dos chapéus de chuva suspensos no ar”!

Fui descobrir o “porquê”? “São mais de três mil chapéus de chuva em pose artística complementados por intervenções criativas em bancos de jardim, escadarias, postes e paredes”.

Águeda, situada no centro do país, a 23 km da nossa “Veneza de Aveiro”, é mundialmente conhecida pelos seus guarda-chuvas coloridos suspensos nos céus.

Foi em 2012 que a empresa “Sexta feira” criou o Umbrella Sky Project, um projecto que tem como objectivo colorir e trazer alegria à cidade. Para além dos chapéus de chuva coloridos, também os bancos, postes e fachadas de prédios estão cobertos por belas obras de arte urbana. Este projecto teve imenso sucesso. De tal forma que a a gerência da “Sexta-feira Produções” começou a reproduzi-lo por todo o Mundo.

Apesar de Águeda receber milhares de visitantes para admirarem a rua dos chapéus de chuva suspensos, vale a pena descobrir o que de melhor esta cidade tem para oferecer aos seus turistas, para além desta beleza nos céus.

Águeda - ChapeusPodemos então visitar a maior lagoa natural da Peninsula Ibérica, com cerca de 5 km, chamada de Pateira de Fermentelos, de uma beleza surreal com um tapete de flores violetas a taparem quase por completo a lagoa. Podemos contemplar tamanha beleza passeado pelos vários passadiços de madeira que dão ao coreto onde pode retratar o verdadeiro paraíso de flores.

Se for um dia de chuva, e para não ter de recorrer aos chapéus de chuva, teremos que visitar o Museu Nacional Ferroviário – Núcleo de Macinhata do Vouga, criado em 1981 que tem como principal objectivo mostrar a história da antiga linha ferroviária que ligava Aveiro a Viseu, conhecida como linha do Vouga.

A ponte medieval do Rio Marnel, também é um local a não perder, pela sua maravilhosa paisagem e por ser onde passa o caminho de Santiago de Compostela. Para completar a visita a esta maravilhosa cidade, podemos também fazer uma pequena viagem cerca de 1h num comboio histórico na linha do Vouga, onde terá a possibilidade de contemplar a belíssima paisagem entre Macinhata do Vouga e Aveiro, provando alguns doces regionais, e a ouvir musica tradicional desta região.

Será que Águeda tem mais para ver? Vamos até lá um dia destes? 😉

Vera Matos

Spread the love
  • 72
    Shares