Jaqueline Reyes: Feliz começo e recomeço!

Como falar de amor e de saudades? Como falar de Dezembro sem nos lembrarmos de quem já esteve por aqui e dos que estão chegando? Enfim… viver, requer uma coragem e uma doação sem fim, porque é um ato de coragem Ser, Amar, Fazer, não Fazer… e por isto mesmo é preciso lembrar de nos validar, de validar a vida e todos que estão nela.

Hoje, sentar aqui e escrever me fez pensar no ano todo de 2019 que foi um ano especialmente movimentado, daqueles onde a cada dia foi um dragão a menos ou a mais, dependendo de como via os desafios que se apresentavam. Isto, porque nem sempre se consegue lidar bem com o dragão dos invejosos, dos que mentem, dos que enganam, dos que criam medo e desordem, somos humanos e por isto mesmo nem sempre é fácil perdoar ou deixar ir, mas sabe mais o quê? Tudo bem, não conseguir lidar com estes dragões sem perder a paciência ou ficar triste ou irritado, porque são mesmo do piorio.

O bom deste tipo de dragão é que nos faz humildes e simples, nos faz olhar para a vida e ver o que, e quem, de fato importa. Porque em ultima instância é isto que nos motiva, que nos move em direção ao que queremos e podemos.

Acredito que há uma luz maior a nos guiar, mesmo quando a noite é escura, mesmo quando parece que tudo está dando para o torto.

Se me dissessem isto há alguns anos, eu diria que não, que era preciso mudar este tipo de gente ou situação, só que hoje percebo que para haver o bem é preciso, ainda, haver o “mal” pois é neste equilíbrio que crescemos e evoluímos. Então, se a vida não está 100% não se preocupe, não se irrite e não desista, porque pode demorar um pouco mais do que pensava, mas quando chegar terá valido a pena.

Acredito que há uma luz maior a nos guiar, mesmo quando a noite é escura, mesmo quando parece que tudo está dando para o torto. Acredito nesta luz porque a vejo em muitas pessoas, em muitas situações, vejo esta luz no coração das pessoas que por nenhuma ou por qualquer razão fazem o bem, dão um sorriso, oferecem um livro ou simplesmente sentam ali para ouvir o que temos para dizer. Acredito na luz porque somos feitos de luz e de sombra, mas é a luz que dá nos direção. Então, se a vida ainda não está como gostaria, lembra que ela está como você precisa e vive o melhor que pode este momento, porque ele vai passar, tudo na vida passa.

Este Dezembro começo por agradecer, agradecer as pessoas que alimentam esta página, as pessoas que leem os nossos textos, as pessoas que nos trazem alimentos para a vida e tornam os dias mais claros, o caminho mais compreensível. Agradecer aos antepassados e aos descendentes, porque é bom ver a continuidade da vida nos nossos filhos e filhas. Agradecer porque de tantas coisas que andam a acontecer estamos num país pacifico, estamos a viver um momento de viragem mundial e isto não é fácil, mas é necessário e então, quanto mais despertos e envoltos em luz melhor para todos e para o nosso planeta. Agradecer aos mais novos que nos obrigam a olhar para a vida com uma nova perspetiva, com novos valores e atitudes. Agradecer aos mais velhos porque nos fizeram entender o poder da resiliência, porque a vida já foi muito mais dura e a luta era pela sobrevivência mesmo. Há muito para agradecer que nem que pudesse conseguiria escrever tudo… gratidão é remédio santo para tudo e todos, porque compreende o amar e o aceitar, compreende a fé e a ação.

Independente do que acredita, lembra de acreditar em si mesmo, de validar todas as suas lutas e todas as suas conquistas porque nada veio sem algum trabalho e doação sua. A vida por si só decorre com altos e baixos, independente de os querer ou não. E o que fará a diferença é a sua capacidade de viver a arte de validar-se que é a arte de amar-se, e esta arte fará com que mesmo que tenha parado um pouco pelo caminho, logo volte a andar porque urge ser você mesmo e viver a sua vida. Aceita o tempo de pausa, mas não desista de si mesmo, planeia melhor o caminho, as ações e acredita: milagres acontecem!

Que o milagre da vida nos contagie e nos no motive sempre!

Feliz natal! Feliz começo e recomeços!

Jaqueline Reyes

Spread the love
  • 71
    Shares