Coaching Carreira: 10 rotinas de auto-mimo para super-mulheres que não têm tempo para nada

Quem nunca reclamou de não ter tempo para nada?

Hoje em dia, o maior luxo que podemos ter é… tempo.

Tempo para estar com a família e amigos, tempo para degustar uma refeição sem pressas, tempo para descansar e não fazer nada.

Se perguntarmos a 100 pessoas se têm tempo para todas as coisas que gostavam de fazer durante o dia, certamente que mais de 90 responderão “Não, não tenho tempo”.

As mulheres, devido a séculos e séculos de enraizamento de hábitos penalizadores, acumulam a maioria das vezes as tarefas domésticas, recados, afazeres familiares e compromissos de gestão das casas. Arranjarem meia hora por dia para elas mesmas, não pensando em mais nada além delas próprias, parece um oásis distante.

No artigo de hoje, dedico-me particularmente a elas. Às super-mulheres que raramente têm tempo para elas mesmas e a quem trago 10 dicas de coisas perfeitamente exequíveis em meia hora.

Rotinas femininas de tempo para “auto-mimo” que demoram por vezes menos tempo do que “scrolar” pelo instagram ou assistir aos intervalos de uma série de TV.

  1. Combate às calorias

Meia hora de caminhada ou de corrida. Se fores a caminhar gastas 120 calorias, se fores a correr poderás gastar 450.

Eu sei, é só meia hora, mas meia hora por dia em 5 dias já equivale àquelas bolas de Berlim que de vez em quando resolves emborcar.

  1. Um banho de imersão

Acende uma velinha, enche a banheira, põe sais de banho e óleos essenciais lá dentro e mergulha.

Se não tiveres banheira, acende a velinha na mesma, faz uma esfoliação no duche e aplica um creme hidratante cheiroso.

Seja qual for o teu tipo de banho, usufrui do momento, enrola-te numa toalha quentinha e relaxa.

Nota: encher a banheira não é uma solução ecológica, bem sei. No entanto, também não é algo que façamos todos os dias.

  1. Detox digital

Durante meia hora, desliga todos os gadgets. Lê uma revista, ouve música, descontrai. Este é um momento magnífico para meditares. Controla a respiração, com inspirações e expirações profundas. Já experimentaste a nova app da Rituals com meditações guiadas?

  1. Mandalas e puzzles

A “mandala mania” ainda anda por aí e recentemente a moda dos puzzles voltou. É uma oportunidade única de estimulares a tua concentração e passares algum tempo em perfeita sensação de mindfullness: viver o tempo presente.

  1. Alongamentos

Para te ajudar a descontrair, nada como alguns alongamentos. No ioga, ensinam que ao inspirarmos pelo nariz e expirarmos pela boca, devagar, induzimos a descontração e a sensação de bem-estar. Se o ioga não é para ti, experimenta simplesmente deitares-te no chão e fazer alongamentos em todo o corpo.

  1. Dormir uma sesta

Lembras-te da última vez que dormiste uma sesta? Dormir durante meia hora aumenta os níveis de energia e ajuda-te a estar mais desperta, pois não chegas a ter um sono profundo. Além disso, a sesta promove a positividade porque melhora o humor. É só vantagens, não?

  1. Escrever um diário

Não me refiro ao teu diário de adolescente com cadeado. Desta vez, refiro-me ao exercício da escrita, a escreveres os teus pensamentos e sentimentos numa óptica de autoreflexão. Um momento só teu, onde és livre de escrever sobre o que quiseres e que é uma ferramenta perfeita para aumentares a tua criatividade: podes desenhar, escrever, fazer banda desenhada, colorir.

  1. Dança

Põe o teu cd preferido e dança sozinha. A dança faz aumentar a tua frequência cardíaca, mexes os músculos e as articulações e fazes exercício aeróbico. Meia hora de dança moderada equivale a queimar 200 calorias.

  1. Saboreia algo delicioso

Faz um bolo da caneca no micro-ondas e degusta-o ainda quentinho, acompanhado com uma chávena de chá. Ou bebe um copo de vinho tinto com uma tostinha e patê. A ideia é saboreares um lanche delicioso sem culpas e desfrutares de meia hora de deleite, comendo algo que te faça feliz.

  1. Faz uma lista de objectivos

O que é que queres concretizar na tua vida? Ao escreveres os teus objectivos estás a registar e a formalizar aquilo que desejas. Quando escreves, geras um caminho neurológico para a concretização dos teus sonhos pois activas uma área mais ampla do teu cérebro e aumentas as possibilidades de atingires as tuas metas.

Carla Soares

Spread the love
  • 12
    Shares