Chegou o Outono. Já encontraste a Tua Tribo?

Chegou o Outono. Já encontraste a Tua Tribo?

Apesar de já ser Outono, continuamos em Setembro 🙂 e este mês temos falado de recomeços, de mudanças, de primeiras experiências e de dar os primeiros passos para essa mudança.
“O Outono tem em si um grande simbolismo, indica a morte do velho e o renascimento de novos projetos. É o tempo de transformação e mudança de ênfase, para outras atividades, para o crescimento interior. É também neste momento em que as folhas secam e caem, os últimos frutos são colhidos, a colheita é guardada para o inverno, é um ciclo de reflexão, e o começo do recolhimento.
Mas esta é também a estação onde cada um de nós deve dar especial atenção aos relacionamentos entre os seus grupos de amigos, colegas e família. A importância de manter estas duas facetas ” NÓS E OS OUTROS” em perfeita sintonia para que a Natureza acima de tudo a nossa Natureza interna se possa manter equilibrada.”
Entrando nesta nova estação e recordando tudo o que temos falado até ao momento,
Aquilo que sabemos, é que se nada fizeres, nada acontece, e que estar continuamente à espera de que algo aconteça, de que alguém faça a mudança por ti ou culpar os outros da tua infelicidade, do teu insucesso, também não vai resolver o que quer que seja.
Por isso hoje trago-te um tema que considero muito importante e que pode efectivamente fazer toda a diferença na tua mudança. 
Já encontraste a tua Tribo, o teu Peer Group, as Tuas Pessoas?
Crescemos a ouvir que a família é tudo, os amigos são tudo, mas na verdade eles nunca deixarão de ser a nossa família os nossos amigos. Mas também é verdade que nem sempre nos dão o apoio necessário, que por vezes nos colocam mais para baixo do que para cima, e isso tira-nos a vitalidade e a energia de acção.
E a questão é, quanto mais estamos rodeados das nossas crenças e somamos a dos outros mais travados, mais frustrados e vítimas de nos próprios nos sentimos.
Achamos sempre, que tem de ser tudo ou nada, o facto de te afastares um pouco para te ouvires não significa que deixes de gostar, amar, que deixes de ser algo que sempre foste, ou que deixem de fazer parte de ti e do teu percurso. Isso NUNCA acontecerá, apenas fará com que te possas ouvir um pouco mais saindo da vibração dos outros e entrando na TUA.
Ás vezes, precisamos de nos afastar das crenças dos outros, dos medos dos outros, para que os nossos possam também eles ser diminuídos. Com isto, não digo que não devemos aceitar os conselhos – devemos claro. As pessoas que nos rodeiam desejam-nos bem mas muitas vezes o bem que nos desejam pode não ser o nosso e continua tudo bem. Devemos sim, perceber a diferença de um conselho ou de um medo pessoal que nos é incutido e nos tira a energia de avançar por não se coadunar com o nosso.
Quantas vezes pedes um conselho, e de volta recebes medos, preocupações e criticas? Em vez de as usares para não avançar usa-as para definir melhor o caminho, no fundo tudo isso que te é dito deve servir para a construção não a descontrução deve servir para solidificar não para desvanecer.
Daí que, rodeares-te de pessoas que tentam ultrapassar todos os dias barreiras, se tentam superar no meio das contrariedades que mostram a verdade mas te levam para cima seja tão importante na tua mudança.
Essas pessoas estarão alinhadas contigo, terão os seus momentos, derrotas, fracassos mas também serão um incentivo pois sabem que a mudança tem contrariedades, altos e baixos mas não a invalida a mesma. De certo so te ajudará a ser mais e melhor. 
Desde miuda oiço este proverbio,
“Junta aos bons e serás como eles, junta-te aos maus e serás pior do que eles.”
Hoje não estamos a falar de bons e maus estamos a falar de mudanças de percursos e da importância que as pessoas que nos rodeiam têm na nossa transformação. Se te ajudam a crescer ou se apenas te confortam para que fiques no mesmo lugar triste, deprimida(o), e com imensa frustação. E repito, não é culpa deles pois cada um faz o melhor dentro do que conhece e do seu percurso mas cabe-te a ti parar, e ouvir a tua VOZ.
E tu já tens a tua Tribo? 
Vanda Santos
Facilitando transformações, inclusive a sua. 
Uma semana Feliz.

Spread the love
0