Festivais de Verão

Festivais de Verão

Chegámos à altura do ano em que as bilheteiras para os Festivais de Verão são o sítio mais concorrido no país. Nós vivemos num país que está particularmente afastado da maior parte dos centros culturais europeus (Amesterdão, Paris, Londres, etc.). Assim sendo, os festivais de verão são uma óptima oportunidade para vermos todos os nossos ídolos ao vivo e a cores. É por isso que garantir a nossa presença em todos os festivais é o mais importante neste momento, pois nunca sabemos quem é que pode confirmar a sua presença à última da hora. Claro está que o dinheiro não cai do céu, nem isso nem a autorização dos nossos pais para ir acampar com mais meia dúzia de “marmanjos” para um parque de campismo cheio de adolescentes malucos, e é por isso que no verão anterior temos de arranjar um bom trabalho, com um bom salário, já a pensar nos festivais de verão do próximo ano (e já agora, começar a preparar os nossos pais psicologicamente).

Os festivais de verão são todo um outro clima, diferente dos concertos normais no Altice Arena ou no Campo Pequeno, onde estão apenas pessoas que gostam daquele artista ou banda que vai actuar, e onde podemos ir para casa no final do concerto. A maior parte dos festivais de verão realizam-se em sítios descampados, herdades ou campos verdejantes, isto tudo fora dos centros urbanos, o que obriga a uma deslocação para fora da nossa cidade (menos o Rock and Rio e o Super Bock Super Rock). Depois, existe ainda o facto de serem vários artistas a actuar no mesmo festival, o que leva a um maior número de pessoas a juntarem-se no recinto do festival, todas com gostos musicais diferentes. Por um lado, leva a uma grande iteração social e podemos aprender a gostar de diferentes estilos musicais, por outro lado pode levar a um conflito de interesses. Irmos a festivais só tem a sua verdadeira piada se formos com amigos e formos numa onde de nos divertirmos, porque se formos para ali apenas com o intuito “de ir”, então o festival perde toda a sua piada.

Existem vários festivais de verão em Portugal, cada um com o seu estilo musical definido. Temos o Rock and Rio que é o festival mais internacional, pois além de se realizar em Lisboa, só se realiza no Rio de Janeiro, Madrid e Las Vegas – o que torna o festival quase num exclusivo e num factor atractivo para os estrangeiros. Tem uma onda mais pop e é realizado no Parque da Bela Vista, em Lisboa. Temos o NOS Alive, que tem uma onda de rock alternativo, indie e eletrónica, entre outros estilos de música. Tem 2 palcos, onde várias bandas actuam todos os anos e é realizado no Passeio Marítimo de Algés. Temos o Vodafone Paredes de Coura, que tem uma onda mais de paz e amor, realizado na Praia Fluvial do Tabuão. Temos o MeoSudoeste, realizado no parque de campismo da Zambujeira do Mar. Este festival concentra grandes aglomerados de jovens, devido à participação dos maiores nomes da música pop da actualidade. Tem ainda a opção de acampar no parque de campismo e é perto da praia, o que forma um clima propício a uma grande semana de diversão. Parecido com o MeoSudoeste, temos o Sumol Summer Fest. A única diferença é o estilo de música que é mais parecido com o NOS Alive.

Estes são apenas alguns dos vários festivais que existem em Portugal durante o verão.

Sara Ferreira

Spread the love
0