Família

Quando os nossos olhos largam a visão turva da habituação a um novo mundo, começamos por conseguir distinguir as cores e as formas que nos rodeiam. Vemos sombras, vultos e por fim rostos que aos poucos se vão tornando familiares. O nosso cérebro ainda não consegue processar toda a informação que recebe e passamos a maior parte do tempo a olhar com atenção para tudo o que se movimenta à nossa volta. Com o passar do tempo percebemos que há sempre alguém presente, de dia e de noite, alguém que cuida de nós, que nos protege quando nos sente em perigo ou que nos abraça quando precisamos de um carinho para acalmar. Vamos crescendo e o mundo torna-se uma aventura. O dia-a-dia é vivido intensamente. Tornamo-nos guerreiros em busca de um sonho e os obstáculos sucedem-se para nos por à prova. Rimos e choramos sempre ao lado daqueles que nos viram crescer; as batalhas diárias têm destas coisas. Umas vezes somos vencedores, noutras vencidos, mas nunca derrotados. Há sempre alguém que quando nos encontramos na escuridão nos mostra o caminho certo de volta à superfície. Voltamos a respirar e recomeçamos. Quando nos separamos um friozinho no estômago toma conta de nós; partimos tristes sempre a pensar no dia em que nos voltaremos a ver. A distancia trás a saudade mas torna-nos mais fortes. Quando chamados, em qualquer momento, não hesitamos um segundo e, seja onde for, estamos presentes. A união é a nossa maior arma. Por eles somos capazes de tudo e sem eles resta-nos o vazio. Todos nós temos na nossa vida pessoas que consideramos família, sejam elas pais, avós, irmãos, tios, amigos ou aquela pessoa especial, que de alguma forma contribuíram para quem somos. A família é o nosso bem mais precioso; é importante sabermos cuidar dela.

Spread the love