Viagens – Aveiro: a cidade em crescimento

Uma terra de pescadores que cresceu ao longo seus canais, hoje em dia apelidada de Veneza de Portugal, espalha o seu encanto pelas ruas estreitas da beira-mar que nos conduzem ao coração da cidade. Os passeios de moliceiro, esse barco típico que antigamente servia para a apanha do moliço, encantam os turistas que aproveitam para conhecer os quatro principais canais da Ria de Aveiro: o Canal Central, o Canal das Pirâmides, o Canal do Cojo e o Canal de São Roque, este último no qual podemos admirar a Ponte de Carcavelos, construída em 1953, servindo de ponto de passagem para as pessoas que trabalhavam nas salinas, carregando consigo enormes cestos com sal que depositavam nos armazéns ali próximos. A pé, é possível conhecer o centro da cidade passando pelos locais mais emblemáticos como a Estação Ferroviária decorada de azulejos policromos, em tons azuis e amarelos, que representam várias cenas ferroviárias, naturais e de cultura e actividades tradicionais; o Fórum, um centro comercial ao ar livre; o mercado Manuel Firmino dedicado à venda de produtos frescos; a antiga Fábrica Campos que hoje em dia alberga serviços administrativos; o Rossio, um jardim para relaxar junto aos canais com barraquinhas de comércio tradicional; e a Praça do Peixe onde podemos encontrar o mercado do peixe, transformando-se à noite num local de diversão com bares e restaurantes para passar bons momentos com os amigos. Podemos também optar por um passeio de Buga – a bicicleta gratuita – e ir até ao Campus da Universidade de Aveiro, uma pequena cidade com espaços naturais e cerca de quarenta edifícios reunindo num só espaço todas as infra-estruturas de ensino, investigação, biblioteca (projectada por Siza Vieira), residência, cantina, centro de saúde, complexo desportivo com pista de atletismo, salas de espectáculo e muito mais. Em 2011 foi considerada uma das melhores universidades da Europa. Aveiro é uma cidade em movimento, que cresce de dia para dia, com locais fantásticos para descobrir. As praias – da Barra e da Costa Nova – ficam a 10km do centro da cidade onde o surf é o desporto predominante pelas boas condições que o mar proporciona. Vale a pena tirar um fim-de-semana e ir saborear a típica caldeirada de enguias ou provar os deliciosos ovos-moles, nesta cidade que tão bem sabe receber. Experimentem.

Spread the love