O meu olhar sobre… A depressão

O meu olhar sobre… A depressão

depressaoAcredito que a depressão possa ter várias causas. Umas físicas, outras mentais, e outras ainda espirituais.

Depressão é um estado de angústia e tristeza (mais ou menos profunda) e um estado latente de “sem forças” (maior ou menor) em que a pessoa se sente sozinha, largada num país estrangeiro, em que não entende o que a rodeia, e ninguém a entende a ela.

Em muitos casos, com o tempo – e mediante a causa, e o apoio – a pessoa consegue pegar nos cacos, recompor as forças e seguir em frente, arranjando mais ferramentas para recuperar enquanto segue em frente.

O problema grave é quando a Depressão é arrastada e, na verdade, a pessoa vive altos e baixos, em que os altos não são verdadeiramente “altos” mas antes um estado de alerta, em que a depressão espera escondida até que caia um copo das mãos e vem ao de cima trazendo consigo toda a tristeza passada, fazendo da queda do copo a mais trágica da situações que voltam a repô-la no estado de tristeza e falta de forças. Para mim, estes casos são muito mais graves, porque são um problema da Alma.

Sei que uma pessoa deprimida só precisa de duas coisas, Amor e Carinho. O problema é que fica difícil dar amor e carinho a pessoas tristes, chatas (no sentido em que tudo gira à sua volta, e qualquer conversa acaba em tristeza), negativas (apresentando uma problema para cada solução), pessoas que de tanto cobrar atenção, se tornam até tóxicas para os que os rodeiam. Chegam mesmo a ficar irritadas com a alegria alheia!

Fica ao nosso critério permanecer, ou não, junto dessa pessoa e dar o amor e carinho de que a pessoa precisa. Se decidir ficar, saiba que uma pessoas deprimida:

  • Não precisa que lhe digam o que fazer (mais do que uma vez)… se ela já ouviu e não fez, é porque simplesmente não é capaz.
  • Não precisa que lhe digam como pensar (mais que uma vez)… se não mudou o “pensar”, é porque ela simplesmente não vê o que você vê.
  • Não julgue nem critique (só vai piorar a autoestima)
  • Não minimize a dor que sente (vai aumentar a sensação de que ninguém a entende)

O que essa pessoa precisa é de:

  • Convide-a para sair – é essencial sair de casa. Preferencialmente apanhar sol. Ver algo divertido (filme, revista, …)
  • Elogiar as atitudes positivas ou mesmo coisas superficiais como os brincos, os sapatos, …
  • Diga-lhe que nada de mal dura para sempre e que há solução para a depressão. A própria pessoa deve investigar e escolher qual o método que lhe faz mais sentido.
  • E mais importante de tudo, você deve resistir com amor, à tristeza e negatividade que a pessoa deprimida emana, e para a qual, a tenta – inconscientemente – arrastar.

Vivam a Cores! 🙂 heart-coração

Spread the love
0