Amantes

Amantes

AmantesEscrevo estas linhas ao descrever o quanto no meu mundo te tornaste. Vejo em ti uma aura de fogo que me atrai de uma forma intensa, tal como uma força sobrenatural que esconde demónios de loucura e os arrasta para um buraco sem fim. És a heroína que faz correr o sangue dentro do meu Ser – vício que me exaltas -, tal é a intensidade que colocas nos beijos quando os teus lábios encontram os meus. És a luz que os meus olhos vêem quando caminho na direcção da escuridão, vagueando nas incertezas de uma vida cruel. Deixas marcas no meu coração quando lanças o abismo entre nós; um silêncio ensurdecedor, uma angústia gritante. E nesse momento as borboletas que habitam o meu estômago deixam de se fazer sentir, deixam de voar, morrem de saudade. Um cemitério cheio toma conta de mim, enche-me de vazio. Deixa-me incendiar-te sussurrando versos que te levem à loucura de um momento, de te fazerem tremer e desejar por mais. Num abraço de sentimentos sentidos, vividos na esfera da vida, numa torrente de emoções – coração selvagem que bate dentro de nós -, vamos fundir-nos numa única estrela, aquela que iluminará o nosso caminho. Somos amantes de outras vidas e eu vivo acorrentado a um feitiço de amor lançado sob a lua cheia de uma noite de verão; as ondas do mar num vai e vem constante cantam o teu nome, enquanto o vento, de mansinho, o leva consigo divulgando-o em todo o lado. Estarei ao teu lado quando o nevoeiro se abater sobre ti e sobre nós. Se me olhares eu corro. Não haverá distância que nos afaste, nem ausência de afirmações que nos magoem. Seremos nós, eu e tu, nesta história de amor sem fim.

Spread the love
0