Viver a Cores

Viver a Cores

Viver a CoresQuantos de nós, enquanto regressamos a casa depois de mais um dia intenso vivido no limite da azáfama laboral – seja ela qual for a nossa luta diária -, sentimos que não estamos preenchidos na totalidade. Algo, no nosso interior, nos diz que não somos felizes a viver uma vida que não tem de ser a nossa. Procuramos fugir das rotinas impostas por uma sociedade de consumo, capitalista e egoísta. Roubam-nos o nosso tempo, sugam-nos as nossas energias e exigem que estejamos sempre disponíveis para os outros.

É nesses momentos de lucidez, quando o nosso Ser diz basta, que temos a oportunidade de mudar a nossa vida. É preciso querer, é preciso afastar o medo e aventurar-nos pelo desconhecido sempre com a confiança que algo de bom vai acontecer. Se precisarmos de ajuda, podemos sempre procurar, pois demonstra sabedoria e humildade. E quando ganhamos coragem e damos o primeiro passo na direcção dos nossos sonhos, então outros caminhos se estendem à nossa frente. Podemos explorar o que uma nova realidade nos proporciona. Tudo se torna mais simples quando acreditamos que é possível mudar. Acordamos com o animo renovado e as energias carregadas de coisas boas. As ideias novas brotam como flores na Primavera, a vida sorri a cada esquina. O cinzento que outrora cobria o nosso dia dá agora lugar a um arco-íris iluminado e carregado de esperança. Nós temos o poder de mudar o rumo dos acontecimentos, fazer as nossas escolhas e pintar um novo quadro cheio de cor.

Podemos sempre Viver a Cores.

Spread the love
0