Reiki

Alguns chamam-lhe Reiki, outros amor incondicional ou infinito, outros ainda energia divina…

O Reiki é mais do que uma terapia, é uma forma de encarar a vida de um modo mais são, mais verdadeiro, de maneira que aos poucos, como dizia o Dr.º Usui, a felicidade possa ser convidada. Não se trata de lutar por ela, como Nós no Ocidente, tantas vezes afirmamos, pelo contrário, é permitir que naturalmente ela se instale.

O Reiki é sentir o coração, o apelo de transmitir , em silêncio a força animica que só a ligação a algo superior permite, uma forma de oração.

Reiki é uma palavra de origem japonesa composta por Rei, um conceito de tradução pouco directa mas que alguns consideram querer dizer “universal, espirito, alma, poder misterioso, essencial”, e Ki, que significa energia. Temos portanto uma energia essencial, universal, neutra e não polarizada e por consequência não manipulável pelos seres humanos, que aprendemos tão somente a transmitir, não sendo possivel utilizá-la para servir quaisquer interesses ou vontades pessoais e que se pratica impondo as mãos sobre si mesmo ou sobre os outros. Simples de sentir, simples de transmitir mas, tal como tudo o que é mais simples, dificil de explicar ou pôr em palavras. É preciso vivê-la, experimentá-la, tal como o amor. Porque é disso mesmo que se trata do amor… incondicional.

O Reiki é um caminho onde todos nos podemos encontrar independentemente das nossas convicções espirituais, religiosas, sociais ou cientificas, sendo na verdade um caminho de convergência e enriquecimento.

 

“O encontro com a fonte do amor infinito é o mais sublime de todos os contactos, aquele que dá sentido à existência”

reiki