Pílula Dourada. Encontraste?

Bem Vindo Outubro!
E aqui vamos nós, entrando por um novo mês. O mês de Setembro passou a voar, e questiono-me se de facto seguiste algumas das indicações que falámos neste mês que passou,
Se decidiste agir, fazer coisas pela 1ª vez saindo da tua zona de conforto e desafiando-te e, se ​porventura pensaste na tua tribo?
Ou será que de alguma forma estás à espera da famosa pílula dourada?

​Oh sim, como eu te percebo. Como era simplesmente espectacular que se comprassem à medida das nossas necessidades e desejos, muitos de nós adoravam essa grande e tão afamada pílula, mas aquilo que nos passa na maior parte das vezes ao lado é que a mesma na realidade só pode ser produzida por nós próprios.
​Mas espera,… a melhor parte está para vir, não penses já – “oh afinal ela não existe,…” – claro que existe.
Mas não achas que se existisse seria de facto algo bastante genérico, cada ser é individual, tem características especificas teria de ter dosagens especificas enfim como ser humanos que somos teríamos aqui algo complexo que duvido servisse verdadeiramente a alguém – estamos a falar claro de algo produzido mecanicamente.
 
Todos os dias encontro pessoas que as desejam​,​ que as querem​,​ que as anseiam​,​ que as procuram​,​ mas a verdade é que vivemos na ilusão de encontrar algo que está e sempre esteve dentro de nós​Eu também as desejei um dia, muito, até que descobri o que partilho contigo.​

Continuamos a querer enganar​-​mo​-​nos de que está fora o que sempre esteve dentro. 
E custa​-​me tantas vezes perceber que vivemos nesta ilusão toda uma vida. 
 
Queremos a iluminação, a elevação, uma vida melhor, um relacionamento melhor quando tantas vezes nem sequer conseguimos lidar connosco próprios
 
Corremos, lutamos, e tentamos justificar infinitas vezes aquilo que é injustificável. 
Verdade, essa tão grande grande verdade que não é de ninguém mas que pertence a cada um. 
 
​São inúmeras as vezes que ouvimos, 
Mas as pessoas estão sempre a tratar me mal. ​- ​Ok e tu tratas​-​te bem?
Mas eu queria sentir me elevada​(o). – Mas tens largado a bagagem?
Não percebo porque continuo a ter esta vida. ​- ​Mas o que​ realmente​ fizeste até então​ para a mudar​?
 
Temos de perceber que todos nós temos uma história e quer se queira quer não essa história ​construiu ​um​ caminho​, caminho esse que com o passar do tempo não foi o desejado foi apenas o melhor possível dentro das condicionantes físicas, mentais e emocionais. Mas chega o momento em que paramos, olhamos e percebemos ​ ​que esse não era o caminho desejado, sonhado, simplesmente não é aquilo que ressoa em nós.
​E​ em vez de irmos ao encontro de nós do que nos levou até ali medos, família​,​ amigos​,​ receios​,​ tristezas​, desilusões​ preferimos não percorrer o caminho contrário continuando a dizer que somos filhos da Vida chamados​ de​ ” Vitimas”​.
 
Continuamos a desejar ser felizes sem percorrer o caminho de integração ou seja de volta a nossa ​e​ss​ê​ncia.
Sem percorrer esse caminho será difícil estares de acordo contigo. Ao invés disso insistimos em passar toda uma vida queixando nos de que a vida é injusta nada fazendo de significativo para mudar isso (acreditando) vamos pedindo uns analgésicos em benuron e brufen vamos passando por entre chuva para que doa menos vivendo anestesiados. 
 
​Continuando a não ver que a pílula dourada está e sempre esteve dentro de nós. Pois os ingredientes dessa pílula são únicos e intransponíveis e só tu tens essa receita milagrosa.
 
Mas acontece muitas vezes não sabermos como fazer, por onde começar, então desafio-te, se queres ajuda pede ajuda, dá o primeiro passo para encontrares essa receita a TUA receita que te levará a encontrar a tua pílula dourada.
 
Vanda Santos
Facilitando transformações inclusive a Sua 🙂
Gostavas de colocar alguma questão, tirar alguma dúvida clica aqui e manda-me a tua mensagem, até já.

Sê o primeiro dos teus amigos a partilhar esta página!
  • 11
  •  
  •  
  •  
  •