Saudação à Lua

Saudação à Lua ou Chandra Namaskar é uma sequência de posturas (asanas) do Yoga, que não é tão conhecida como a saudação ao Sol, mas que tem também muitos benefícios. A saudação ao Sol é uma sequência de posturas muito mais ativa, que nos traz mais energia, ligada à energia do sol. A saudação à lua é o complemento, é mais tranquila praticada mais devagar, que nos ajuda a reforçar a energia da lua, relaxante, uma preciosa ferramenta para os dias mais agitados, ou quando chegamos ao fim de um dia de trabalho a casa.

A sequência de posturas da saudação à lua é muito mais longa que a saudação ao sol e muito menos conhecida, pelo que fiz um vídeo para vos ajudar e deixo-vos também em baixo todas as posturas que são feitas:

1 – Pranamasana – A partir da posição de pé, juntar as palmas das mãos, os polegares ficam posicionados junto ao esterno, fazendo um ângulo de 90 graus dos restantes dedos

2 – Talasana – Com as mãos juntas, inspirar e esticar os braços na direção do céu, entrelaçar os dedos

3 – Chandrasana – Manter os braços esticados e as mãos juntas e inclinar o corpo para o lado esquerdo

4 – Talasana – Inspirar voltar a talasana (ver postura 2)

5 – Chandrasana – Expirar, inclinar o corpo para o lado direito

6 – Talasana – Inspirar voltar a talasana (ver postura 2)

7 – Deviasana – Expirar, afastar os pés e fletir os joelhos alinhando as ancas ao nível dos joelhos, levantando os braços para cima,  com os cotovelos a 90º e os dedos a apontar para cima

8 – Trikonasana – Inspirar subir, verticalizando o tronco e esticando as pernas, começando a preparar para Trikonasana, rodando o pé direito para dentro, ficando a 45º e o pé esquerdo roda para fora, fica alinhado com a parte lateral esquerda do nosso corpo. Ao expirar, descer o a mão esquerda ao encontro do pé esquerdo ou da perna, dependendo da flexibilidade, inspirar e esticar o braço direito para cima na direcção do céu, olhando para a nossa mão direito, sem descair no pescoço.

9- Parsvottanasana – Expirar e rodar o corpo ao encontro da perna esquerda. Inspirar neste asana

10 – Banarasana – Expirar e levar o joelho esquerdo ao chão, fletindo o joelho direito

11 – Anjaneyasana – Inspirar, juntar as mãos e elevar os braços esticados na direcção do céu

12 – Skandasana – Expirar, rodamos o corpo em frente, fletimos bem o joelho esquerdo, esticamos a perna direita, colocando as mãos no chão junto ao pé esquerdo, levando as coxas o mais próximo do chão possível. Inspiramos e repetimos a postura para trocando de perna, esticando a perna esquerda, flectindo a direita, colocando as mãos junto do pé direito

13 – Banarasana – Ver postura 10

14 – Anjaneyasana – Ver postura 11

15 – Parsvottanasana – Ver postura 9

16 – Trikonasana –Ver postura 8

17 – Deviasana – Ver postura 7

18 – Talasana – Ver postura 6

19 – Chandrasana – Ver postura 5

20 – Talasana – Ver postura 6

21 – Chandrasana – Ver postura 5

22 – Talasana – Ver postura 6

23 – Pranamasana – Ver postura 1

Existem algumas variações à saudação à lua, onde são introduzidas outras posturas, mas esta sequência que partilho com vocês é a que faz mais sentido para mim.

Aproveitem para praticar a Saudação à Lua e estejam atentos aos benefícios de fazer à noite e de manhã. Deixem os vossos comentários no facebook ou no site do Viver a Cores. Boas práticas.

Mafalda Vaz

om Om Shanti om

Sê o primeiro dos teus amigos a partilhar esta página!
  • 4
  •  
  •  
  •  
  •