Rissóis de Seitan e Cogumelos

Se há locais que me inspiram, a cozinha é sem dúvida um deles!

Hoje vou fazer uma homenagem à minha tia Benvinda, em especial aos seus saudosos rissóis de bacalhau, substituindo a proteína animal, por proteína vegetal.

São ótimos para uma refeição em casa, para um piquenique, um lanche, uma festa.

Nesta altura do ano, sem sabermos bem porquê, as saudades chegam mais fortes.

À nossa mesa de Natal juntamos a família e os amigos, mas tanto mudou nos últimos anos! Quantos fizeram parte da nossa infância, da nossa juventude, da nossa ceia e já partiram?
Sabemos que assim é a vida, aprender a viver com estas ausências é um desafio. Guardar para nós, o que cada um trouxe de bom aos nossos dias é um privilégio.

Podem não ocupar um lugar à mesa, mas seguramente têm um lugar cativo no nosso coração.

Vamos por as mãos na massa?

Ingredientes (Massa)

  • Chávenas de farinha de espelta 2 (peneirada)
  • Chávenas de farinha de trigo integral 2 (peneirada)
  • Chávenas de água 3
  • Colheres de sopa de margarina de soja 3
  • Sal qb

Ingredientes (Recheio)

  • Cogumelos brancos 1 embalagem
  • Seitan picado 250 g
  • Molho de soja 2 colheres de sopa
  • Alho em pó 2 colheres de café
  • Sumo de limão 1 colher de sopa
  • Cebola 1 média
  • Dentes de alho 2
  • Azeite qb
  • Noz moscada qb
  • Mistura seca de cominhos, manjericão e coentros
  • Água qb
  • Sal qb
  • Salsa picada 2 colheres de sopa
  • Cebolinho picado 1 colher de sopa
  • Natas de soja ½ pacote
  • Amido de milho 2 colheres de sopa
  • Ovo batido 2
  • Pão ralado qb

Receita

Começamos por fazer a massa, um processo bastante simples e rápido.

Peneiram-se as farinhas com um alguidar, misturam-se e reservam-se.

Coloca-se a água ao lume com o sal e a margarina, quando levantar fervura misturam-se as farinhas de uma só vez. Mexe-se energicamente e quando a massa se soltar das paredes do tacho, apaga-se o fogão.

Deixa-se a arrefecer em cima de uma tábua, polvilhada com farinha.

Agora que a nossa massa linda, está a repousar, vamos entregar-nos ao seu futuro recheio.

Pica-se o seitan e tempera-se com a soja, o alho em pó e o sumo de limão.

Picam-se os cogumelos, depois de devidamente arranjados.

Alouramos a nossa cebola, juntamente com o alho, num pouco de azeite. Depois junta-se o seitan, mexendo com cuidado, durante 2 minutos e se seguida juntam-se à festa, os cogumelos.

Acrescenta-se a salsa e o cebolinho picados, os restantes temperos e um pouco de água. Em 5 minutos está tudo cozinhado pronto para receber o molho branco, para o efeito, juntamos à parte, o amido de milho com as natas de soja e misturamos bem. Com o lume médio, acrescentamo-lo à nossa mistura, mexemos sempre, até engrossar. Retificamos os temperos, apagamos o fogão e deixamos arrefecer o nosso recheio, que está mortinho para se meter na massa 😊

Está na altura de esticar a massa com um rolo em superfície enfarinhada, cortar círculos de massa, com a ajuda de um cortador, ou uma chávena, colocar no meio, pequenos pedaços de recheio, dobrar em meia lua e pressionar bem com os dedos. No final, passam os vossos rissóis por ovo batido e pão ralado. Podem fritar alguns e congelar outros, já que são ótimos para refeições de ultima hora, podendo ser cozinhados, sem necessidade de descongelar.

Para acompanhar, preparei o tradicional puré de batata, separei em 3 porções. Numa deles misturei espinafres crus picados, noutra cenoura cozida picada e a terceira porção ficou simples. Desta forma dei mais colorido ao meu prato.

É um prato que leva algum tempo, mas garanto-vos que não vão dar por mal empregue o vosso tempo e depois é um trabalho que nos ajuda a por as ideias em ordem!

Bom apetite 😊

Paula Castanheira

Sê o primeiro dos teus amigos a partilhar esta página!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta